01 – Fogo bom, Fogo mau

Moderador: Paulo Mateus, ICNF -Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

O fogo faz parte da Natureza bem como da Humanidade. O fogo tem sido utilizado pelo Homem como uma ferramenta de gestão da paisagem, da pastorícia e da agricultura e, muitas vezes, de uma forma sustentável. O fogo determinou também alguns habitats específicos que são valorizados como recursos naturais. Atualmente, com as mudanças climáticas, o abandono das terras e o despovoamento das áreas rurais, o impacto dos incêndios requer prevenção, modelos de gestão e sistemas participativos, nos quais o fogo é parte da solução e não apenas o problema.

Estudo de caso #1

Paulo M. Fernandes, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Escola de Ciências Agrárias & Veterinárias (ECAV) (PT)

“Há um fogo bom, fogo mau?” 
Paulo vai explicar-nos a especificidade do fogo na Europa do Sul, nomeadamente as suas causas, fatores e dinâmicas, porque o fogo pode ser tão devastador, mas também como o fogo tem sido tradicionalmente uma ferramenta sustentável para gerir as paisagens, pastagens e habitats e como usá-lo de uma forma positiva e benéfica.

 

Estudo de caso #2

Carlos Loureiro, GIFF – Gestão Integrada e Fomento Florestal Lda. (PT)

“Utilização do Fogo controlado em áreas de conservação da natureza. Alguns casos práticos em Portugal e em Itália”
Carlos vai-nos apresentar, do ponto de vista de uma empresa privada, casos práticos do uso do fogo controlado em Áreas Protegidas com que ele trabalhou em Portugal e Itália, aplicado à gestão de habitats e prevenção de incêndios florestais.