02 – Podemos (con)viver com eles?

Moderador: Margarida Fernandes, ICNF- Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

A fauna selvagem é um recurso natural, mas pode ser também um problema quando causa prejuízos em plantações, em rebanhos ou provoca acidentes rodoviários. O dilema existe e aqueles que sofrem as perdas esperam uma compensação. No entanto, as limitações de orçamento, o controlo dos prejuízos e a falta de fauna selvagem são parte do problema/solução. Qual é o limite para os pagamentos? E que soluções para além dos pagamentos? Todos e quaisquer prejuízos? Existem vários modelos resolução/gestão deste problema, dependendo da fauna, dos prejuízos e da tradição. Quais os modelos alternativos?

Estudo de caso #1

Carlo Bifulco, Parco Nazionale Monti Sibillini

“Convivendo com o javali e o lobo nas montanhas dos Apeninos” por Carlo Bifulco do Parque Nacional Monti Sibillini, Itália
Carlo vai-nos explicar como o Parque Nacional Monti Sibillini nos Apeninos em Itália está a lidar com o excesso de população de javali e os prejuízos causados pela presença do lobo, usando dois projetos plurianuais e procurando soluções para essas situações.

 

Estudo de caso #2

Francisco Alvares, CIBIO-InBIO

“Conflitos e oportunidades com os lobos no Parque Nacional da Peneda Gerês” por Francisco Alvares do CIBIO-InBIO, (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, Universidade do Porto), Portugal
Francisco vai-nos explicar como um trabalho persistente com as comunidades locais nas montanhas do Parque Nacional da Peneda Gerês melhorou as perceções e os conflitos com os lobos, fornecendo conhecimento para lidar com os antigos medos e crenças, para prevenir os prejuízos nos rebanhos e valorizar estes carnívoros como uma oportunidade turística.